Home Quem Somos? História da Música Fale Conosco

 

OS GLADIADORES

 

Adalberto, Adinam e Pauletti formam o trio "Os Gladiadores". Foram os primeiros a gravar, em 1982, com sucesso a composição de Jeca Mineiro e Atílio Versuti, "Fuscão Preto", que se tornaria um ícone da música sertaneja. Gravaram quatro discos pela gravadora Continental.
Adalberto nasceu no interior do estado de São Paulo, e veio para a capital com apenas 6 anos de idade. Logo o garoto começou a aprender violão e, alguns anos mais tarde, chegou a integrar uma dupla sertaneja com o nome de "Devaneio e Delmir". Trabalhou também como motorista de táxi.
Pauletti, também nasceu no interior paulista, morou algum tempo na cidade de Maringá, no estado do Paraná, antes de vir para São Paulo. Através de seu pai e irmãos, todos sanfoneiros, teve inclinação para o acordeão.
Nessas mudanças entre São Paulo e Paraná, Pauletti fez parte do trio "Os Irmãos Paranaenses". Depois, formou dupla com Marumbi, usando o pseudônimo de "Farofinha". Antes do explosivo sucesso de "Os Gladiadores", Pauletti trabalhava como oficial de justiça.
Adinam, por sua vez, o único integrante do trio que nasceu na capital paulista, recebeu grande influência de seus pais que são do interior e apreciam o gênero sertanejo. Como a grande maioria dos jovens de sua época, Adinam chegou a participar de alguns conjuntos de iê iê iê, no período áureo da Jovem Guarda. Mas, já nessa época, um dos grupos de que participou, costumava incluir algumas músicas sertanejas em seus shows. Por alguns anos foi soldado da Polícia Militar.
O trio "Os Gladiadores" foi formado por volta de 1970, quando Adinam juntou-se aos amigos Jô Santos e Zezito com objetivo de interpretar músicas sertanejas.
O resultado dessa luta, entretanto, só viria com a nova formação do grupo. Isso ocorreu quando os antigos "Gladiadores" se separaram e Adinam convidou Adalberto e Pauletti para juntarem-se a ele. Isso foi por volta de 1977.
A partir de então os três passaram a dedicar-se com garra ao trabalho musical e, em 1980, lançaram o primeiro LP pela Rodeio intitulado "Fuscão Preto".
O trio realmente não esperava a repercussão que a música teve. "Fuscão Preto" apareceu casualmente, quando o cantor Marcelo Costa, disse que havia ouvido uma gravação que iria cair perfeitamente para "Os Gladiadores". Imediatamente os três rapazes começaram a ensaiá-la e acabaram por incluí-la em seu LP de estréia.
O resultado conseguido entusiasmou o trio e muito mais sua gravadora, que um ano depois lança o novo LP dos "Gladiadores" intitulado "O Motorista do Fuscão Preto".
Essa história de a música sertaneja trocar o cavalo pelo automóvel deu tanto resultado que Os Gladiadores incluíram, além da resposta ao "Fuscão Preto", uma outra faixa que se chama "Chevette Branco".
Em 1983 foram contratados pela Gravadora Continental, onde lançaram dois LPs.

 

Texto: Sandra Cristina Peripato

 

DISCOGRAFIA

 

LPs

 

FUSCÃO PRETO - 1980 - RODEIO/WEA - BR-75.024
01) Triste Candina - Oreco e João Fortuna
02) Virgem Morena do Rio Paraíba - Carlos César e José Fortuna
03) Hora do Pranto - Toni Gomide e Jair Sanches
04) O Dinheiro Não Traz a Felicidade - Waldemir Brandão e Adinan
05) Programa do Gil - Carlos Cézar e José Fortuna
06) Noite Ardente - Chico Lau e Valter A. Barreto
07) Fuscão Preto - Atílio Verssuti e Jeca Mineiro
08) Sinceridade - Toni Gomide e Jair Sanches
09) Gamei Por Você - Sulino
10) Manto Triste - Chico Lau
11) Última Boiada - Geraldo Meireles e Nardel
12) Caprichosa - Nenete e Nardelli

 

O MOTORISTA DO FUSCÃO PRETO - 1982 - RODEIO/WEA - BR-75.062
01) O Motorista do Fuscão Preto - Taubaté
02) Orgulho de Pobre - Jardel e Compadre Lima
03) Canção de um Carreiro - Carrerito e Natalino
04) Gangorra - Ramoncito Gomes
05) Uma Guarânia Para Você - Peão Carreiro
06) A Grande Ambição - Compadre Lima e Jardel
07) Chevette Branco - Atílio Verssuti e Mariel
08) Meu Vício é Mulher - Darci Rossi e Sargento Oliveira
09) Belezas do Sertão - Pedro Mello e Geraldo Meireles
10) Trabalho Perfeito - Flávio Mattes e Milongueiro
11) Simples Momentos - Manoel e Joaquim
12) Fechado Para Balanço - Flávio Mattes, Milongueiro e Adalberto

 

RELÓGIO DE PONTO - 1983 - CONTINENTAL - LP= 1.11.405.628
01) Relógio de Ponto - José Fortuna e Marcito
02) Eu Sigo o Caminho Dela - Zé do Rancho e Boi do Rock
03) Discrença - Dino Franco e Ademir
04) Seresteiro - Dino Franco e Adinan
05) Diário de Amor - Nelson Gomes e Semeador
06) O Motoqueiro - Almir Rogério
07) Moço Sincero - Crisóstomo
08) Pombinho Correio - Dino Franco
09) Casaco de Pele - Bento Ramos e Wilson Tavares
10) Velho Boiadeiro - Nelson Gomes e Semeador
11) Homem Sem Sorte - Adinan e Adalberto
12) A Marca da Solidão - Everaldo Ferraz e Martins Neto

 

OS GLADIADORES - VOL. 04 - 1987 - CONTINENTAL - LP= 1.71.405.656
01) Meu Carro Não é Gente - Ribeiro Soares e Pauletti
02) Tudo é Recordação - Marcito e Juraci
03) Chora Morena - Fátima Leão e Felipe
04) Vida de um Caminhoneiro - Juraci e Marcito
05) Pára-raio - Flávio Mattes e Deva
06) Noite de Ronda - Maria Teresa Lara - Versão: José Fortuna
07) Machuca Meu Bem Machuca - Gil, Crisóstomo e Cláudio Balestro
08) Amor Fantasia - Wandré de Paula
09) Doença de Amor - Flávio Mattes e Deva
10) Nossas Brigas - Vital e Gouveia Júnior
11) É Muito Pra Minha Cabeça - José Fortuna e Paraíso
12) Estrada do Tempo - José Fortuna e Paraíso

 

FOTOS

 

Visual LightBox Gallery generated by VisualLightBox.com
Os Gladiadores - 001 Os Gladiadores - 002 Os Gladiadores - 003 Os Gladiadores - 004 Os Gladiadores - 005 Os Gladiadores - 006 visual lightbox for MACby VisualLightBox.com v6.1