Home Quem Somos? História da Música Fale Conosco

 

TIÃO REIS E ZÉ MINEIRO

 

Lívio Gianasi Mendes (Tião Reis), nasceu no interior do estado de São Paulo, na cidade de Caraguatatuba. Aos 3 anos de idade mudou-se com a família para Divinópolis/MG onde foi criado.
Filho de Amélia Gianasi Mendes e Aureliano Antonio Mendes. Descendente de italianos por parte de mãe, e a herança caipira vem por parte de pai.
A família paterna tem origem no Sul de Minas, Elói Mendes. Influenciado desde criança pelos costumes da família tradicional em Folia de Reis e Dança de Catira, não foi muito difícil de se interessar pelas cantorias caipiras onde a viola caipira sempre estava presente, tradição que a família paterna preserva aproximandamente a 150 anos, mantida hoje por Tião Reis.
Ainda adolescente aprendeu a dançar catira e tocar violão e incentivado pelo tio Zé Paixão, ganhou sua primeira viola caipira. Com base em fitas cassetes e LP's de Tião Carreiro e Pardinho, Vieira e Vieirinha, Zé Carreiro e Carreirinho, Sulino e Marrueiro, entre outras duplas, tirou de ouvido suas primeiras notas musicais, tendo decorado a afinação.
Em meados dos anos 90 fez amizade com a dupla Zé Mulato e Cassiano, os quais exerceram grande influência no aprendizado da música raiz.
Sempre defendendo a música raiz seguiu com as tradições da família fundando seu próprio grupo de catira "Mineiros do Pé Quente", que iniciou suas atividades por volta do ano de 1996.
Entretando com a facilidade de participar de eventos do meio rural se apresentando com o catira, surge a oportunidade de poder cantar de viola nesses eventos.
Assim nasceu o sonho de se profissionalizar com a música raiz.
Primeiramente cantando com seu único irmão Túlio Gianasi Mendes, participou de alguns eventos, programas de rádio da região de Divinópolis e ganharam alguns festivais de viola amador usando o nome de Tião Reis e Paixão, aliás, o nome Tião Reis surgiu porque seus amigos o chamavam de Tião Carreiro, por tocar viola caipira e devido Lívio não concordar de merecer tal apelido, assumiu o nome Tião pra homenagear o mestre violeiro e Reis pra saldar a devoção com as Folias de Reis.
Devido seu irmão não ter interesse pelo mundo artístico, viu-se obrigado a procurar outro companheiro para tentar alcançar o objetivo. No entanto, um conhecido indicou José Maria dos Santos.
Visitando José Maria em sua casa eles conversaram e então começou o projeto de Tião Reis e Zé Mineiro.
As oportunidades surgiam naturalmente na medida que o Grupo de Catira Mineiros do Pé Quente se tornava conhecido e participava de eventos já nas cidades vizinhas e outros estados, entre eles São Paulo, especificamente na cidade de Barretos por alguns anos.
O novo companheiro não se interessava muito pelo catira motivo que antes de gravarem o primeiro CD a dupla teve alguns desencontros quando Tião Reis abandonou o nome para cantar com Marcos Caitano Bueno, o Chanceller da dupla com Montenegro, adotando o nome de Diplomatta, todavia, Chanceller e Diplomatta cantaram somente um ano e sem gravar terminou-se a parceria.
Enquanto Tião Reis estudava e formou-se em Direito pela FADOM indo as aulas de botina e chapéu até a sua formatura.
Por necessidade de formação familiar foi trabalhar em instuição bancária em gestão de negócios.
Casado com Graciely Teixeira Lívio Mendes, teve 3 filhos: Bento, Moisés e José. O último quando ao seu primeiro aniversário sofreu com um tumor na cabeça, onde foi curado. Tendo sido agraciado com seu filho, resolve desde então a viver da música com fé na presença de Deus e junto com José Maria, montou rapidamente um repertório quase todo e com músicas próprias, parcerias com Zé Armando, Valdemar Reis, uma faixa do Zé Mulato, e gravaram o primeiro CD "Embaixadores da Viola", lançado em fevereiro de 2012.
Logo após o lançamento do primeiro CD, a dupla se desfaz por motivo de um não concordar com outro na escolha do repertório.
Então sem parceiro para cantar vem o convite para apresentar um programa de rádio pela Rádio Sucesso FM 93,1 o programa "Chora Viola", das 5 às 7 horas da manhã, de segunda a sexta-feira.
Após fazer teste com outro violeiro para formar dupla sem sucesso, Tião Reis lembra-se do velho amigo Gilberto José Alves, e faz o convite pra ele dar seqüência no projeto adotando o nome de Zé Mineiro. o qual aceita imediatamente.
Gilberto José Alves, é natural de Divinópolis/MG, criado na zona rural da cidade Comunidade Rural de Ponte de Ferro. Filho de José Fernando Alves e Maria das Graças Alves. Tem três irmãos e três irmãs.
Influenciado pelo pai desde novo aprendeu gostar de música raiz e acabou sendo o motivo que aproximou a amizade entre Lívio e Gilberto.
Com a nova formação e ainda com os méritos do primeiro CD, Tião Reis e Zé Mineiro conquistam o Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira em junho de 2013, em evento ocorrido no Memorial da América Latina na capital paulista, na categoria Dupla Revelação.
Gravaram o segundo trabalho lançado em novembro de 2014, intitulado "Dieta do Chá", com repertório formado por composições de Tião Reis e algumas parcerias com o próprio Zé Mineiro, Grego, Valdemar Reis e Marcos Violeiro.
Com ênfase na manutenção da música raiz, trazem um repertório totalmente caipira com base em viola caipira e violão e duas vozes no estilo Zé Carreiro e Carreirinho com muita alegria, levantando essa bandeira da nossa cultura e tradição.

 

DISCOGRAFIA

 

CDs

 

EMBAIXADORES DA VIOLA - 2012
01) Embaixadores da Viola - Tião Reis
02) Jeitão de Caipira - Tião Reis
03) Alto Relevo - Zé Mulato
04) Esquecimento - Tião Reis
05) Sovaco da Serra - Tião Reis e Zé Armando
06) Menino de Ouro Fino - Tião Reis
07) Meu Lugar - Tião Reis e Zé Armando
08) Tô Fora e Tô Dentro - Valdemar Reis
09) Carreiro de Profissão - Tião Reis
10) Carreando Emoções - Tião Reis
11) Louca Paixão - Tião Reis
12) Divinópolis Eh! Lugar Bão! - Grego e Tião Reis

 

DIETA DO CHÁ - 2014
01) Documento de Violeiro - Tião Reis
02) Ladrão Laçado - Tião Reis
03) Mural da Minha História - Marcos Violeiro e Tião Reis
04) Dieta do Chá - Tião Reis
05) Traição - Tião Reis
06) Sistema Caboclo - Tião Reis
07) Gente da Roça - Marcos Violeiro e Tião Reis
08) Casinha Azul da Serra - Zé Mineiro, Grego , Valdemar Reis e Tião Reis
09) Pagode Perfeito - Zé Mineiro e Tião Reis
10) Toque do Cocão - Zé Mineiro e Tião Reis
11) Sítio Bica Boa - Tião Reis
12) Divinaexpô - Tião Reis

 

MÚSICAS

 

 

VÍDEOS

 

Tião Reis e Zé Mineiro no Programa Brasil Caipira

Tião Reis e Zé Mineiro no Programa Brasil Caipira

 

FOTOS

 

Visual LightBox Gallery generated by VisualLightBox.com