Home Quem Somos? História da Música Fale Conosco

 

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA

"O TRIO ORGULHO DO BRASIL"

 

Luís Raimundo, o Luizinho nasceu em São Paulo/SP em 1916 e faleceu também na capital paulista em 19 de maio de 1983. Seu irmão Ivo Raimundo, o Limeira também é paulistano e nasceu em 30 de agosto de 1924, e faleceu em Soraocaba/SP em 10 de janeiro de 2010. Carmela Bonano, a Zezinha, também nasceu em São Paulo/SP no dia 16 de janeiro de 1928 e faleceu em Perdizes/SP em 11de maio de 2002.
Luizinho iniciou sua carreira artística no ano de 1939 cantando em dupla com Mariano (o mesmo da dupla Caçula e Mariano, que fazia parte da Turma Caipira de Cornélio Pires). Desfeita a dupla com Mariano, Luizinho passou a cantar em dupla com Diogo Mulero, o Palmeira, no período que se extendeu de 1946 a 1952.
Palmeira e Luizinho foram então contratados pela Rádio Tupi de São Paulo, e pela gravadora Continental, na qual lançaram o primeiro disco com as músicas "Cavalo Preto" e "Boiadero Bão". Na mesma gravadora também fizeram sucesso com os clássicos "Burro Picaço", "Baldrana Macia" e "Paraná do Norte".
Em 1951 Palmeira e Luizinho foram para a RCA Víctor, gravadora na qual também gravaram alguns dos seus maiores sucessos, como "Chão de Minas", "Chofer de Estrada", "O Crime de Maringá" e "Bom Jesus de Pirapora". No mesmo ano, com a acordeonista Carmela Bonano, a Zezinha, formaram um trio que logo se desfez.
A dupla Palmeira e Luizinho foi, por sinal, a que lançou o gênero musical conhecido como moda campeira, cujas letras falam de situações na vida do campo, tendo o acordeon como o principal instrumento musical; o violão e a viola acompanham o acordeon numa batida semelhante à do rasqueado.
A dupla se desfez em 1953, no entanto Palmeira e Luizinho chegaram a se reunir novamente em 1956 tendo gravado um disco 78 rpm na RCA contendo "Doutor Promessa" e "Boliviana", esta última com a participação da cantora Marlene Simões.
Quando a dupla se desfez, Palmeira passou a cantar com Biá, e Luizinho formou dupla com Waldemar de Franceschi, o Nenete (que havia cantado antes na dupla "Nenete e Ditinho" e também no "Trio Saudade", com Ninão e Nininho).
Nenete adotou o nome artístico de Limeira na dupla com Luizinho, com quem cantou durante um ano, de 1952 a 1953 e, nessa formação, a dupla Luizinho e Limeira atuou nos programas "Imagens do Sertão" e "Alma da Terra" na Rádio Tupi de São Paulo. Após a dupla com Luizinho, Waldemar adotou novamente o nome artístico de Nenete e formou com Isidoro Cunha a dupla Nenete e Dorinho.
O nome artístico Limeira já foi adotado por diversos artistas sertanejos, inclusive o compositor Sulino.
Com essa formação (Luís Raimundo e Waldemar de Franceschi), Luizinho e Limeira gravaram 10 discos 78 rpm na RCA Víctor. O primeiro deles, com as músicas "1500 Cabeças e "Gaúcho Amigo". Também gravaram, entre outras, as músicas "Tapera Caída", "Litoral Brasileiro", Goiás do Sul e "Rio Grande do Sul", entre outras. Nas gravações, a dupla contou com o acompanhamento de Zezinha no acordeon.
Desfeita a dupla com Nenete, em 1954, Luizinho convidou seu irmão Ivo Raimundo para substituir o Waldemar, tendo mantido o mesmo nome da dupla "Luizinho e Limeira".
A dupla, a partir de então, passou a ser oficialmente um trio, com o acompanhamento de acordeon de Carmela Bonano, a Zezinha, que já havia acompanhado a dupla Palmeira e Luizinho e também a dupla de Luizinho com Waldemar de Franceschi. E a nova formação passou a se chamar "Luizinho, Limeira e Zezinha".
De família italiana, Carmela ganhou o apelido de Zezinha ainda criança. Aprendeu a tocar acordeon, de ouvido, com Ângelo Reale aos nove anos de idade. E em 1953, Zezinha se formou em música erudita no Conservatório Aidir Meirelles.
A carreira musical de Zezinha se iniciou em 1946, no "Trio Mineiro" e, dessa forma, estava traçado o destino de Zezinha na música sertaneja. Moça muito bonita, chamou a atenção na Rádio Tupi também pelo fato de ser na época uma das pouquíssimas mulheres a tocar o acordeon. Após um ano com o Trio Mineiro, Zezinha passou a acompanhar a dupla Tonico e Tinoco durante 8 meses, viajando por diversos lugares do Brasil.
O primeiro disco (em solo de acordeon) Zezinha gravou na Todamérica em 1951, com a valsa "Brejeira" e a mazurca "Alegria". Ainda em carreira-solo, gravou diversas músicas de sucesso, dentre as quais "Baldrana Macia", "Paraná do Norte", "Índia Porã", "Lágrimas de Mulher", "Oito Baixos", entre outras.
Com Luís e Ivo Raimundo, Zezinha integrou o famoso trio, que, recebeu o título de "Trio Orgulho do Brasil". Sem dúvida, o mais famoso trio da música caipira raiz.
O primeiro disco de Luizinho e Limeira (Luís e Ivo Raimundo) foi gravado em 1954 na RCA Víctor com as músicas "Valsa do Assobio" e "Mulinha".
Luizinho, Limeira e Zezinha não possuíam cachê fixo, como era comum na época e costumavam receber 50% da bilheteria nos locais onde se apresentavam, que eram em geral circos e circos-teatros.
Em 1956, Luizinho, Limeira e Zezinha conquistaram o Prêmio Roquette Pinto (o mais cobiçado prêmio do rádio brasileiro). E em 1958 o Trio Orgulho do Brasil ganhou o “Troféu Viola Dourada” como melhor trio. E Zézinha também ganhou o prêmio como melhor sanfoneira.
Luizinho foi contratado como diretor artístico do núcleo sertanejo da Odeon no ano de 1958. Sendo na época uma das maiores fábricas de discos no Brasil, a mesma ainda não tinha um elenco sertanejo. Dado o enorme sucesso e a grande procura pelo gênero, a gravadora se viu obrigada a criar um "cast" nessa área, daí a contratação do Luizinho, que estreou na Odeon com "Remorso" e "Recordar é Viver". Fizeram parte do elenco na Odeon renomadas duplas, como Zé Fortuna e Pitangueira, e Campanha e Cuiabano. Luizinho também lançou na Odeon para todo o Brasil as Primas Miranda.
Em 1959 Zezinha ainda gravou alguns discos como solista na Odeon com os maxixes "Serafina" e "É da Banda de Lá". E no ano seguinte também como solista, Zezinha gravou o LP "A Imperatriz da Harmônica", pela Orion e, em 1961, gravou o LP "Dance com Zezinha" pela Chantecler.
No dia 24 de setembro de 1960, numa apresentação no Circo-Teatro Estrela Dalva na cidade de Itanhaém/SP, Zezinha abria a apresentação do trio. Como era de costume, ela introduzia o show cantando sozinha a primeira música, acompanhada de seu acordeon, quando um sujeito por nome Edmundo Freire, invadiu a cena e esfaqueou-a, ferindo-a na mão, na perna e no pé, além de 11 furos no fole do acordeon. Edmundo queria ser o marido de Zezinha e declarava que se ela não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém.
A "Imperatriz da Harmônica" levou quase dois meses para se recuperar dos ferimentos e do susto. Esse atentado passou a fazer parte da história do trio, tendo originado um de seus maiores sucessos que foi "O Crime do Circo", música essa que acabou se transformando também numa peça teatral.
Luizinho, Limeira e Zezinha também apresentaram as peças "Pedro Feio" e "O Menino da Porteira", cujo tema composto por Teddy Vieira e Luizinho foi sem dúvida o maior sucesso da dupla inicial e também do trio.
Também foram grandes sucessos de Luizinho, Limeira e Zezinha, as músicas "Pretinho Sabiá", "Pé na Tábua", "Romaria", "Pretinho Aleijado", "Lenço Preto", entre outras.
O trio também participou de vários programas de rádio, no tempo em que os programas ainda eram ao vivo com auditório. Chegaram a fazer três programas semanais na Rádio Tupi, durante 19 anos.
Luizinho, Limeira e Zezinha permaneceram em plena atividade até 1974, quando Luizinho precisou parar de cantar e de viajar, devido a um câncer na garganta. No entanto, eles ainda continuaram com as apresentações nos diversos programas de Rádio e TV, com Limeira fazendo a primeira voz e a segunda voz a cargo de um irmão da dupla conhecido como Zé Coqueiro.
E, em 1980, Luizinho, Limeira e Zé Coqueiro apresentaram-se na TV pela última vez, no programa "Viola Minha Viola", que se iniciava na TV Cultura de São Paulo, e era apresentado na época pelo saudoso Moraes Sarmento. Nesse programa, Limeira e Zé Coqueiro interpretaram grandes sucessos da dupla e Luizinho, já com a voz sumida, relembrou fatos da carreira e acompanhou os irmãos tocando o violão.
Luizinho também chegou a formar em 1982 uma dupla com o compositor Jeca Mineiro, aparecendo na capa do disco e com alguns dos grandes sucessos dos dois renomados compositores, tais como "Dama de Vermelho", "Pé na Tábua", "Não Beba Mais Não", "Felicidade de Matuto", além de "Fuscão Preto". No entanto, a voz que cantou com Jeca Mineiro foi na verdade a voz do Zé Coqueiro, irmão de Luizinho.
Chegou a ser lançado em 1982 pela Chantecler, aquele que veio a ser o último LP, contendo algumas gravações de antigos sucessos, como "Pretinho Sábio" e "O Menino da Porteira". O disco foi uma compilação de grandes sucessos de Luizinho, Limeira e Zezinha e eram gravações antigas, já que o trio não havia entrado em estúdio para fazer esse trabalho.
Além do câncer na garganta, um grave problema respiratório emudeceu Luizinho, que faleceu em 1983. E, com isso o trio se desfez para sempre, já que, após o falecimento de Luizinho, Zezinha se afastou totalmente da vida artística.
Limeira passou a dar aulas sobre produtos cosméticos, enquanto que Zezinha se aposentou, tendo se mudado para Perdizes/SP, onde veio a falecer em 11 de maio de 2002.
Limeira faleceu em 10 de janeiro de 2010.

 

Texto: Sandra Cristina Peripato

 

DISCOGRAFIA

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA

 

78 ROTAÇÕES

 

 

03/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1079
A - Gaúcho Amigo (Luizinho e Arlindo Pinto)
B - Mil e Quinhentas Cabeças (Anacleto Rosas Jr)

 

04/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1098
A - Rosa de Sangue (Ado Benatti e Luizinho)
B - Zé Valente (Anacleto Rosas Jr)

 

05/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1113
A - Tapera Caída (João Pacífico)
B - Rio Grande do Sul (Arlindo Pinto e Luizinho)

 

06/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1124
A - Violeiro Afamado (Luizinho e Modesto Rezende)
B - Galopando (Torino e Arlindo Pinto)

 

07/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1147
A - Litoral Brasileiro (Luizinho e Limeira)
B - Peito Magoado (Anacleto Rosas Jr)

 

09/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1186
A - Meu Ceará (Eterna Esperança) - (José Gaman)
B - Goiás do Sul (Teddy Vieira e Jayme Ramos)

 

10/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1201
A - Pedro Feio (Dante Vanuchi e Luizinho)
B - Vida de Barbeiro (Luizinho e Ado Benatti)

 

11/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1219
A - Noite de Lua (Zé Cocão e Anacleto Rosas Jr)
B - Não Sinto Saudade (Anacleto Rosas Jr e Patativa)

 

12/1953 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1234
A - A morte do Gavião (Arlindo Pinto)
B - Votuporanga (João Monteiro e Luizinho)

 

03/1954 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1260
A - Cara Marcada (Francisco Ribeiro e Brioso)
B - Trucada (Anacleto Rosas Jr e Limeira)

 

07/1954 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1311
A - Valsa do Assobio (Arlindo Pinto)
B - Mulinha (Francisco Amor e Mauro Pires)

 

08/1954 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1319
A - Querência Amada (Luizinho e Anacleto Rosas Júnior)
B - Solteiro é Mió (Anacleto Rosas Júnior)

 

09/1954 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1338
A - Fim de Felicidade (João Pacífico e Luizinho)
B - Conselho de Caboclo (João Pacífico)

 

10/1954 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1359
A - Londrina Rainha (Anacleto Rosas Júnior)
B - Encontro Divino (Ado Benatti e Piraci)

 

11/1954 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1369
A - Sonho de Caboclo (Moacir Braga e Limeira)
B - Gaúcho Trovador (Serrinha e Luizinho)

 

04/1955 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1428
A - É a Lei ((Nhô Pai e Luizinho)
B - As Três Lágrimas (Campos Negreiros e Serrinha)

 

05/1955 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1436
A - Sagrado Ofício (Ado Benatti e Teddy Vieira)
B - O Menino da Porteira (Teddy Vieira e Luizinho)

 

06/1955 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1444
A - Pé na Tábua (Luizinho, Biguá e Ado Benatti)
B - Tronco Caído (Osvaldo Aude e Arlindo Pinto)

 

08/1955 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1470
A - Não Sou Gaúcho (Anacleto Rosas Jr e Torino)
B - A Valsa dos Roceiros (Arlindo Pinto e Luizinho)

 

10/1955 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1504
A - Cenário de Minha Terra 1 (Luizinho e Ado Benatti)
B - Cenário de Minha Terra 2 (Ado Benatti e Luizinho)

 

03/1956 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1562
A - Muié Baixinha (Zé Julio e Sebastião Martins)
B - Fandango (Arlindo Pinto e Priminho)

 

04/1956 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1573
A - Pretinho Aleijado (Luizinho e Teddy Vieira)
B - As Duas Cruzes de Ferro (Limeira e Ado Benatti)

 

07/1956 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1630
A - Rancheira do meu Pai (Luizinho e Limeira)
B - Não Chores Mais (Bolinha)

 

08/1956 - RCA V´CITOR - Nº 80.1653
A - Resposta do Menino da Porteira (Luizinho e Teddy Vieira)
B - Lenço Preto (Ochelsis Laureano e Teddy Vieira)

 

12/1956 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1729
A - São Cristóvão (Ado Benatti e Luizinho)
B - O Maior Presente (Luizinho e José Fortuna)

 

03/1957 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1747
A - Guarda-Civil (Ado Benatti e Luizinho)
B - Roseira Branca (Laureano)

 

04/1957 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1765
A - Mercadora (Luizinho e Almeida)
B - Mara (Bolinha e Limeira)

 

07/1957 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1819
A - O Manto Sagrado (Teddy Vieira e Luizinho)
B - O Menino Caçadô (Teddy Vieira)

 

08/1957 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1832
A - Mesa Vazia (Bolinha e Luizinho)
B - Valsa do Amor (Limeira e José Fortuna)

 

03/1958 - RCA VÍCTOR - Nº 80.1923
A - Vinte Anos a Mais (Nhô Pai e Luizinho)
B - Cidade Feitiço (Nhô Pai e Limeira)

 

08/1958 - ODEON - Nº 14.361
A - Remorso (Luizinho e Zé Fortuna)
B - Recordar é Viver (Régis Falcão e Luizinho)

 

10/1958 - ODEON - Nº 14.386
A - Folia do Rei (Luizinho e Arlindo Pinto)
B - Ladrão de Terra (Moacir dos Santos e Teddy Vieira)

 

03/1959 - ODEON - Nº 14.439
A - Bandinha da Saudade (Ado Benatti e Walter Amaral)
B - Voz do Vento (José Fortuna e Luizinho)

 

06/1959 - ODEON - Nº 14.463
A - Jogo do Truco (Ado Benatti e Luizinho)
B - Casamento é uma Gaiola (Compadre Generoso)

 

07/1959 - ODEON - Nº 14.486
A - A Voz da Consciência (Ado Benatti e Luizinho)
B - Araponga (Alfredo Borba)

 

10/1959 - ODEON - Nº 14.539
A - Romaria à Aparecida (Coqueiro)
B - Fazendeiro Maldoso (José Gama de Souza)

 

12/1959 - ODEON - Nº 14.576
A - Aquele Beijo (Compadre Juvená e Moreninho)
B - Três Vidas Perdidas (Dorival Teixeira e Coqueiro)

 

02/1960 - ODEON - Nº 14.585
A - Morrendo de Saudade (Léo Romano)
B - Amigos e Mulheres (G. Bermejo - Versão: Serafim Costa Almeida)

 

04/1960 - ODEON - Nº 14.599
A - Avante Brasília (José Saudo e J. Fernandes)
B - Vida de Candango (Otacílio Ferreira e Paulo Rosa)

 

07/1960 - ODEON - Nº 14.649
A - Condenada (Alvarenga e Ranchinho II)
B - Teu Fracasso (Nízio e Luizinho)

 

08/1960 - ODEON - Nº 14.655
A - Gavião Calçudo (Pixinguinha)
B - A Última Estrofe (Cândido das Neves "Índio")

 

08/1960 - ODEON - Nº 14.657
A - Que Me Importa (Valdir Machado) - Participação de Primas Miranda

 

12/1960 - SERTANEJO - PTJ-10154
A - O Crime do Circo (Diogo Mulero e Luizinho)
B - Mariazinha (Palmeira e Teddy Vieira)

 

03/1961 - SERTANEJO - PTJ-10170
A - O Canto do Boiadeiro (Ramon Cariz e Valeriano Trejo)
B - Covarde (Luiz de Castro)

 

06/1961 - SERTANEJO - PTJ-10204
A - Flor de Açucena (Paschoal Raimundo e Palmeira)
B - Que Importa (Anacleto Rosas Jr)

 

07/1961 - SERTANEJO - PTJ-10206
A - Coração de Luto (Teixeirinha)
B - Sansão e Dalila (Greenfield e Neil Sedaka - Versão: Jorge Paulo)

 

08/1961 - SERTANEJO - PTJ-10225
A - Romaria (Dois Turunas e Anacleto Rosas Júnior)
B - Paraguaya Mi Porã (R. Mendonza e E. Ayala - Versão: Palmeira)

 

01/1962 - CHANTECLER - Nº 78-0559
A - Bela Bambina (Zé Cupido e Arlindo Pinto)
B - Espelho de um Condenado (Teddy Vieira e Paulo Augusto)

 

03/1962 - ORION - R-084
A - Chofer de Estrada (Ado Benatti e Luizinho)
B - O Menino da Porteira (Luizinho e Teddy Vieira)

 

03/1962 - SERTANEJO - CH-10250
A - Capelinha Branca (F. Riera e José Fortuna)
B - Teu Carinho (Laterza, Almiron e Palmeira)

 

06/1962 - SERTANEJO - CH-10279
A - Princesa Isabel (Fernando Dias e Antônio Marchi)
B - Berrante da Saudade (Nízio e Teddy Vieira)


04/1963 - ORION - R-135
A - Zé Tartuiano (Anacleto Rosas Júnior)
B - História de um Réu (Coqueiro)

 

09/1963 - ORION - R-145
A - Boiadeiro Não Morreu (Limeira e Coqueiro)
B - Linda Fazendeira (Bolinha)

 

1963 - ORION
A - Linda Fazendeira (Bolinha)
B - Silenciou o Berrante (Bolinha)

 

11/1964 - CABOCLO - CS-654
A - Tua Ausência (Marciano e Marques de Oliveira)
B - La Gijota (Capitão Barduíno)

 

COMPACTOS

 

FOLIA DO REI - ODEON
01) Folia do Rei - Luizinho e Arlindo Pinto
02) Ladrão de Terra - Teddy Vieira e Moacyr dos Santos
03) Recordar é Viver - Régis Falcão e Luizinho
04) Remorso - Luizinho e Zé Fortuna

 

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA - SERTANEJO - PTJ-45-09
01) Mariazinha - Palmeira e Teddy Vieira
02) Covarede - Luiz de Castro
03) O Crime do Circo - Palmeira e Luizinho
04) Destino de um Boêmio - Caçula e Marinheiro

 

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA - CHANTECLER - Nº 16116
01) Divino Pai Eterno - Luizinho e Coqueiro
02) Botinha Ringideira - Ribeiro Filho e Limeira

 

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA - CHANTECLER - Nº 16131  
A - Pretinho Sabiá - Palmeira e Teddy Vieira
B - O Menino da Porteira - Luiiznho e Teddy Vieira

 

LPs e CDs

 

O MENINO DA PORTEIRA - 1958 - IMPERIAL - ODEON - SIMP-30.224
01) Bandinha da Saudade - Ado Benatti e Walter Amaral
02) Pretinho Aleijado -
Teddy Vieira e Luizinho
03) Aquele Beijo -
Moreninho e Compadre Juvenal
04) Três Vidas Perdidas -
Coqueiro e Dorival Teixeira
05) Chofer de Estrada -
Ado Benatti e Luizinho
06) Remorso -
Luizinho e Zé Fortuna
07) Araponga -
Alfredo Borba
08) Jogo do Truco -
Luizinho e Ado Benatti
09) Casamento é uma Gaiola -
Compadre Generoso
10) Romaria a Aparecida -
Coqueiro
11) O Menino da Porteira -
Teddy Vieira e Luizinho
12) Voz do Vento -
Luizinho e José Fortuna

 

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA - 1959 - ODEON - MOFB-3123  
01) Bandinha da Saudade - Ado Benatti e Walter Amaral
02) Pretinho Aleijado -
Teddy Vieira e Luizinho
03) Aquele Beijo -
Moreninho e Compadre Juvenal
04) Três Vidas Perdidas -
Coqueiro e Dorival Teixeira
05) Chofer de Estrada -
Ado Benatti e Luizinho
06) Remorso -
Luizinho e Zé Fortuna
07) Araponga -
Alfredo Borba
08) Jogo do Truco -
Luizinho e Ado Benatti
09) Casamento é uma Gaiola -
Compadre Generoso
10) Romaria a Aparecida -
Coqueiro
11) O Menino da Porteira -
Teddy Vieira e Luizinho
12) Voz do Vento -
Luizinho e José Fortuna

VOLTE AMOR - 1960
01) Volte Amor - Francisco Lacerda e Tuta
02) Romper da Aurora -
Luizinho e Alcides Moraes
03) Linda Fazendeira -
Bolinha
04) A História de um Réu -
Coqueiro
05) Castigo -
Léo Canhoto
06) Mercadora -
Luizinho e Palmeira
07) Boiadeiro não morreu -
Limeira e Coqueiro
08) Triste Adeus -
Léo Canhoto
09) Zé Tartuiano -
Anacleto Rosas Jr
10) Vinte Anos a Mais -
Nhô Pai e Luizinho
11) Marretiro -
Léo Canhoto
12) Farrapo -
Márcio de Lorena
13) Ladrão de Terra -
Teddy Vieira e Moacyr dos Santos

IMAGENS DO SERTÃO - 1961 - CHANTECLER - PTJ-3018    
01) Romaria - Anacleto Rosas Jr e Dois Turunas
02) Covarde -
Luiz de Castro
03) Teu Destino -
Alcides Formaggi
04) Que Importa -
Anacleto Rosas Júnior
05) Coração de Luto -
Teixeirinha
06) Vidas Fracassadas -
José Fortuna
07) Mariazinha -
Palmeira e Teddy Vieira
08) Flor de Açucena -
Palmeira e Paschoal Raymundo
09) Destino de um Boêmio -
Caçula e Marinheiro
10) Sansão e Dalila -
Versão: Jorge Paulo
11) Tormento -
Jamil Mauad e Hélio de Alencar
12) Noivado Sem Fim -
Teddy Vieira e Paulo Augusto
13) O Canto do Boiadeiro -
Ramon Cariz
14) O Crime do Circo -
Palmeira e Luizinho

CAPELINHA BRANCA / MÚSICA DA FRONTEIRA - 1962 - CHANTECLER - CMG-2160  
01) Capelinha Branca - Federico Riera - Versão: José Fortuna
02) Minha Serenata - Santos Lima - Versão: Palmeira
03) Doce Moreninha - Oscar Del Cerro e Bonifácio Roman - Versão: Waldyr Santos
04) Burro Picaço - Anacleto Rosas Jr
05) Minha Inocência - Coqueiro
06) Magoado Contigo - Emiliano R. Fernandes e Perez Cardoso - Versão: Waldyr Santos
07) Teu Carinho - C. Almirón e Silvio Laterza - Versão: Palmeira
08) Rincão Amado - Virgilio Centurion e M. Cardoso Ocampo
09) Cavalo Preto - Anacleto Rosas Jr
10) Flor Paraguaia - Ruban Enciso e Neneco Norton - Versão: Waldyr Santos
11) Boquinha de Mel - José Esculies e J. Osvaldo Rosa Cordero - Versão: Teddy Vieira
12) Paraguaia Mi Porã - E. Ayala e R. Mendonça - Versão: Palmeira

 

CAPELINHA BRANCA - 1968 - ROSICLER - R-70288 
01) Capelinha Branca - Federico Riera - Versão: José Fortuna
02) Minha Serenata - Santos Lima - Versão: Palmeira
03) Doce Moreninha - Oscar Del Cerro e Bonifácio Roman - Versão: Waldyr Santos
04) Burro Picaço - Anacleto Rosas Jr
05) Minha Inocência - Coqueiro
06) Magoado Contigo - Emiliano R. Fernandes e Perez Cardoso - Versão: Waldyr Santos
07) Teu Carinho - C. Almirón e Silvio Laterza - Versão: Palmeira
08) Rincão Amado - Virgilio Centurion e M. Cardoso Ocampo
09) Cavalo Preto - Anacleto Rosas Jr
10) Flor Paraguaia - Ruban Enciso e Neneco Norton - Versão: Waldyr Santos
11) Boquinha de Mel - José Esculies e J. Osvaldo Rosa Cordero - Versão: Teddy Vieira
12) Paraguaia Mi Porã - E. Ayala e R. Mendonça - Versão: Palmeira

 

O MENINO DA PORTEIRA - 1969 - RCA CAMDEN - LP= 106.0015  
01) O Menino da Porteira - Teddy Vieira e Luizinho
02) Valsa do Assobio -
Arlindo Pinto
03) Mesa Vazia -
Luizinho e Bolinha
04) As Três Lágrimas -
Campos Negreiros e Serrinha
05) Rancheira do Meu Pai -
Luizinho e Limeira
06) Querência Amada -
Anacleto Rosas Júnior e Luizinho
07) Vinte Anos a Mais -
Nhô Pai e Luizinho
08) O Menino Caçador -
Teddy Vieira
09) É a Lei -
Nhô Pai e Luizinho
10) Sagrado Ofício -
Ado Benatti e Teddy Vieira
11) Não Sou Gaúcho -
Anacleto Rosas Júnior e Torino
12) Pretinho Aleijado -
Teddy Vieira e Luizinho

 

CENÁRIO DA MINHA TERRA - 1973 - RCA CAMDEN - LP= 106.0054   
01) Pé na Tábua - Ado Benatti, Luizinho e Biguá
02) Tronco Caído - Arlindo Pinto e Osvaldo Aude
03) Muié Baixinha - Sebastião Martins e Zé Julio
04) Fim de Felicidade - Luisinho e João Pacífico
05) Cenário de Minha Terra (Parte 1) - Ado Benatti e Luizinho
06) Cenário de Minha Terra (Parte 2) - Ado Benatti e Luizinho
07) Solteiro é Mió - Anacleto Rosas Júnior
08) Mercadora - Luizinho e Palmeira
09) Tapera Caída - João Pacífico
10) São Cristovão - Ado Benatti e Luizinho
11) Não Chores Mais - Bolinha
12) Resposta do Menino da Porteira - Teddy Vieira e Luizinho

 

O MELHOR DE LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA - 1977 - CHANTECLEER - LP= 2.11.405.181
01) O Menino da Porteira - Teddy Vieira e Luizinho
02) Capelinha Branca - Federico Riera - Versão: José Fortuna
03) Paraguaia Mi Porã - Versão: Palmeira
04) Boquinha de Mel - Versão: Teddy Vieira
05) Mariazinha - Palmeira e Teddy Vieira
06) Teu Destino - Alcides Formaggi
07) Flor de Açucena - Palmeira e Paschoal Raymundo
08) Coração de Luto - Teixeirinha
09) Romaria - Anacleto Rosas Jr e Dois Turunas
10) Princesa Isabel - Fernando Dias e Antonio Marchi
11) Pretinho Sabiá - Palmeira e Teddy Vieira
12) O Crime do Circo - Palmeira e Luizinho

 

LUIZINHO, LIMEIRA E ZEZINHA - 1979 - CHANTECLER - LP= 2.26.411.075
01) Romaria - Anacleto Rosas Jr e Dois Turunas
02) Covarde -
Luiz de Castro
03) Teu Destino -
Alcides Formaggi
04) Que Importa -
Anacleto Rosas Júnior
05) Coração de Luto -
Teixeirinha
06) Vidas Fracassadas -
José Fortuna
07) Mariazinha -
Palmeira e Teddy Vieira
08) Flor de Açucena -
Palmeira e Paschoal Raymundo
09) Destino de um Boêmio -
Caçula e Marinheiro
10) Sansão e Dalila -
Versão: Jorge Paulo
11) Tormento -
Jamil Mauad e Hélio de Alencar
12) Noivado Sem Fim -
Teddy Vieira e Paulo Augusto
13) O Canto do Boiadeiro -
Ramon Cariz
14) O Crime do Circo -
Palmeira e Luizinho

 

OS GRANDES SUCESSOS - 1984 - CHANTECLER - LP= 997281-1   
01) O Menino da Porteira - Teddy Vieira e Luizinho
02) Capelinha Branca - Federico Riera - Versão: José Fortuna
03) Coração de Luto - Teixeirinha
04) Cavalo Preto - Anacleto Rosas Jr
05) Romaria - Anacleto Rosas Jr
06) Mariazinha - Palmeira e Teddy Vieira
07) Vidas Fracassadas - José Fortuna
08) Flor de Açucena - Palmeira e Paschoal Raymundo
09) Destino de um Boêmio - Caçula e Marinheiro
10) O Crime do Circo - Palmeira e Luizinho
11) Burro Picaço - Anacleto Rosas Jr
12) Flor Paraguaia - Ruban Enciso e Neneco Norton - Versão: Waldyr Santos
13) O Canto do Boiadeiro - Ruban Enciso e Neneco Norton - Versão: Waldyr Santos
14) Sansão e Dalila - Sedaka e Greenfild - Versão: Jorge Paulo

 

O MENINO DA PORTEIRA - 1986 - PHONODISC/CONTINENTAL - LP=  0.34.405.363
01) O Menino da Porteira - Teddy Vieira e Luizinho
02) Capelinha Branca - Federico Riera - Versão: José Fortuna
03) Paraguaia Mi Porã - Versão: Palmeira
04) Boquinha de Mel - Versão: Teddy Vieira
05) Mariazinha - Palmeira e Teddy Vieira
06) Teu Destino - Alcides Formaggi
07) Flor de Açucena - Palmeira e Paschoal Raymundo
08) Coração de Luto - Teixeirinha
09) Romaria - Anacleto Rosas Jr e Dois Turunas
10) Princesa Isabel - Fernando Dias e Antonio Marchi
11) Pretinho Sabiá - Palmeira e Teddy Vieira
12) O Crime do Circo - Palmeira e Luizinho

 

LUAR DO SERTÃO - 1997 - BMG - CD= 432143484-2
01) O Menino da Porteira - Teddy Vieira e Luizinho
02) Pé na Tábua - Ado Benatti, Luizinho e Biguá
03) Tronco Caído - Arlindo Pinto e Osvaldo Aude
04) Não Sou Gaúcho - Anacleto Rosas Júnior e Torino
05) São Cristóvão - Luizinho e Ado Benatti
06) Roseira Branca - Laureano
07) Lenço Preto - Teddy Vieira e Laureano
08) Solteiro é Mió - Anacleto Rosas Jr
09) O Manto Sagrado - Teddy Vieira e Luizinho
10) Pretinho Aleijado - Teddy Vieira e Luizinho
11) Não Chores Mais - Bolinha
12) As Duas Cruzes de Ferro - Ado Benatti e Limeira
13) Fandango - Arlindo Pinto e Priminho
14) Querência Amada - Anacleto Rosas Júnior e Luizinho

 

LUAR DO SERTÃO - 2000 - BMG - CD= 432176929-2
01) Gaúcho Trovador - Serrinha e Luizinho
02) Fim de Felicidade - João Pacífico e Luizinho
03) O Menino Caçador - Teddy Vieira
04) Conselho de Caboclo - João Pacífico
05) É a Lei - Luizinho e Nhô Pai
06) Encontro Divino - Piraci e Ado Benatti
07) As Três Lágrimas - Campos Negreiros e Serrinha
08) Londrina Rainha - Anacleto Rosas Jr
09) Mesa Vazia - Luizinho e Bolinha
10) Sagrado Ofício - Ado Benatti e Teddy Vieira - Declamação: Luizinho e Ado Benatti
11) Sonho de Caboclo - Moacir Braga e Limeira
12) Vinte Anos a Mais - Nhô Pai e Luizinho
13) Muié Baixinha - Sebastião Martins e Zé Julio
14) Cenário de Minha Terra - Ado Benatti e Luizinho

 

DISCOGRAFIA

ZEZINHA

 

78 ROTAÇÕES

 

 

02/1951 - TODAMÉRICA - TA-5048
A - Brejeira - Zezinha e Luizinho
B - Alegria - Zezinha e Luizinho

 

04/1951 - TODAMÉRICA - TA-5066
A - Baldrana Macia - Anacleto Rosas Jr e Arlindo Pinto
B - Só Pena que Voa - Zezinha

 

12/1951 - TODAMÉRICA - TA-5131
A - Matogrossense - Zezinha e Luizinho
B - Revoltoso - Zezinha e Luizinho

 

03/1952 - TODAMÉRICA - TA-5139
A - Sabiá Graúna - Luizinho e Zezinha
B - O Casamento - Palmeira e Luizinho

 

08/1952 - TODAMÉRICA - TA-5207
A - Caminho da Roça - Messias Garcia
B - Sorrisos - Zezinha e Antonio Bruno

 

11/1952 - TODAMÉRICA - TA-5212
A - Perereque - Luizinho e Zezinha
B - Paraná do Norte - Palmeira

 

03/1953 - TODAMÉRICA - TA-5265
A - Faísca - Zezinha e Luizinho
B - Doce Recordação - Nena Machado

 

05/1953 - TODAMÉRICA - TA-5289
A - Teimoso - Luizinho e Zezinha
B - Imperatriz - Luizinho e Zezinha

 

08/1953 - TODAMÉRICA - TA-5315
A - Pega Fogo - Luiz Marino
B - Fronteira - Luizinho e Zezinha

 

01/1954 - TODAMÉRICA - TA-5394
A - Ibirapuera - J. M. Alves e Zezinha
B - Princesa Isabel - J. M. Alves

 

10/1954 - TODAMÉRICA - TA-5468
A - Meu Bem - Mário Vieira
B - Pirilampos ao Luar - Zezinha e Luizinho

 

01/1955 - TODAMÉRICA - TA-5506
A - Índia Porã - Luizinho e Zezinha
B - Lágrimas de Mulher - Pereirinha

 

08/1955 - TODAMÉRICA - TA-5563
A - Oito Baixos - Zezinha e Messias Garcia
B - Saudade que Machuca - Vicente Lia e Nino Silva

 

09/1955 - TODAMÉRICA - TA-5565
A - Matando a Saudade - Moacir Braga
B - Eliana - Maria Vieira

 

09/1956 - RCA VICTOR - Nº 80.1662
A - Baixa Itália - Luizinho, Vicente Lia e Neno Silva
B - Na Porta do Circo - Moacir Braga

 

ZEZINHA E QUINZINHO
10/1957 - TODAMÉRICA - TA-5738
A - Mineiro de Cambuquira - Zequinha e Quinzinho
B - A Voz do Violão - Zequinha e Quinzinho

 

03/1957 - RCA VICTOR - Nº 80.1754
A - Dois Corações - Pedro Salgado
B - A Cigana Te Enganou - J. M. Alves

 

05/1957 - RCA VICTOR - Nº 80.1787
A - Não Esqueci - Messias Garcia
B - Pixoxó Sabido - Biundi

 

07/1958 - ODEON - Nº 14.334
A - O Sorriso da Imperatriz - Luizinho
B - Corações em Festa - Limeira e Zezinha

 

03/1959 - ODEON - Nº 14.432
A - Serafina - Messias Garcia
B - É da Banda de Lá - Irvando Luiz e Peteleco

 

06/1959 - ODEON - Nº 14.465
A - Reminiscência - Luizinho e Zezinha
B - Tu Ojos me Embellezan - G. Metallo e J. M. Velich

 

09/1959 - ODEON - Nº 14.516
A - Irapuru - C. Galhardi e I. Casaroli
B - Quero Beijar-te as Mãos - Arsênio de Carvalho e Lourival Faissal

 

11/1959 - ODEON - Nº 14.548
A - Currupacopapaco - Jair Gonçalves
B - Na Boca do Forno - Moacir Braga

 

03/1960 - ORION - R-069
A - Brejeira - Luizinho e Zezinha
B - Revoltoso - Luizinho e Zezinha

 

03/1960 - ORION - R-079
A - Oito Baixos - Zezinha e Messias Garcia
B - Matogrossense - Luizinho e Zezinha

 

04/1960 - ODEON - Nº 14.607
A - Brejeira - Luizinho e Zezinha
B - Revoltoso - Luizinho e Zezinha

 

10/1960 - ODEON - Nº 14.681
A - Oito Baixos - Zezinha e Messias Garcia
B - Matogrossense - Luizinho e Zezinha

 

04/1961 - CHANTECLER - Nº 78.0428
A - Saudades de Bragança - Pachequinho
B - Recordações de Atibaia - Pachquinho

 

06/1961 - CHANTECLER - Nº 78.0461
A - Faz-me Rir - F. YYoni e E. Arias
B - Alguém é Bobo de Alguém - Greenfield e J. Keller

 

S/D - DONI - Nº 001
A - Não Quero Mais Amar - Edson Menezes e Almeida Rego
B - Me Dá a Chupeta - Graça Batista, Flávio Miranda e Antonio Aguiar


LPs

 

A IMPERATRIZ DA HARMÔNICA - 1960 - ODEON - MOFB-3163
01) O Sorriso da Imperatriz - Luizinho
02) Irapuru - C. Gallardi e I. Casaroli
03) Revoltoso - Luizinho e Zezinha
04) Na Boca do Forno - Moacir Braga
05) Reminiscência - Luizinho e Zezinha
06) Tu Ojos me Embelesan - Geraldo Metallo e J. M. Velich
07) Quero Beijar-te as Mãos - Arcênio de Carvalho e Lourival Faissal
08) Matogrossense - Luizinho e Zezinha
09) Só Pena que Voa - Zezinha
10) Brejeira - Luizinho e Zezinha
11) Oito Baixos - Messias Garcia e Zezinha
12) Corações em Festa - Zezinha e Limeira

DANCE COM ZEZINHA - 1961 - CHANTECLER - CMG-2106
01) Faz me Rir - F. Yoni e Edmundo Arias
02) Coração Cheio de Amor - Haroldo José e Diogo Mulero (Palmeira)
03) Tu Hás de Sentir Saudade - Luiz de Castro
04) Mulher Pecadora - Salvador José, Pirata e Roberto Lara
05) Pressentimento - Serafim Costa Almeida e Armancio Rosas
06) Never On Sunday - Manos Hadjidakis - Versão: Billy Towne
07) Meu Lamento - Luiz de Castro e José Orlando
08) Teu Destino - Adinaldo Rodrigues e Alcides Formaggi
09) Amando Separados - Waldick Soriano e Altamiro de Morais
10) Na Solidão do Meu Quarto - Rubens Machado
11) Perdão Pela Minha Dor - Waldick Soriano
12) Amor de Vênus - Waldick Soriano e Tranzilo
13) Mulher Sem Nome (Punhal da Falsidade) - Teddy Vieira e Zé Carreiro
14) Everybody's Somebody's Fool - Howard Greenfield e Jack Keller

CORAÇÕES QUE SOFREM - 1961 - CHANTECLER - CMG-2144
01) Saudade de Anápolis - Zezinha e Francisco Romano
02) Cidinha - Messias Garcia
03) A Valsa que é Nossa - Moraes Sarmento e Waldemar Roberto
04) Saudade de Rio Branco - Dias de Souza Cruz
05) Brejeira - Luizinho e Zezinha
06) Penso Somente em Você - Sidney Barreto
07) Amor que Volta - Pachequinho e Salvador J. de Moraes
08) Corações que Sofrem - João Prado
09) Gauchita - Roberto Stanganelli
10) Recordando Cajobi - José Barbosa da Silveira
11) Saudades de Bragança - Pachequinho
12) Recordações de Atibaia - Pachequinho

 

MÚSICAS

 

 

VÍDEOS

 

Luizinho, Limeira e Zé Coqueiro cantando "Romper da Aurora" no Programa Viola Minha Viola em 1980

Luizinho, Limeira e Zé Coqueiro cantando "Pé na Tábua" no Programa Viola Minha Viola em 1980

Luizinho, Limeira e Zé Coqueiro cantando "O Menino da Porteira" no Programa Viola Minha Viola em 1980

 

FOTOS

 

Visual LightBox Gallery generated by VisualLightBox.com